Projetos de Pesquisa Cadastrados em 2017


Número Ano Título Resumo Coordenador Data de Início da Vigência Data Fim da Vigência
367 2017 Política Criminal do Judiciário e Princípios Penais no Estado Social e Democrático de Direito: Uma Proposta de Compatibilidade à Criminalização e Descriminalização de Condutas Fundada em Preceitos dos Direitos Humanos A partir da problemática da efetivação dos direitos humanos e políticas públicas de segurança objetiva-se identificar uma política criminal que subjaz do arcabouço de decisões judiciais em matéria criminal, maquinadas a partir da efetivação do princípio da proporcionalidade e da interpretação da criminalidade contemporânea como fenômeno complexo. Valdeir Ribeiro De Jesus 01/06/2014 30/06/2017
62 2017 COMPÓSITOS E NANOCOMPÓSITOS POLIMÉRICOS CONDUTORES Compósitos são materiais que combinam duas (ou mais) fases sólidas que podem reunir em um único material, várias propriedades melhoradas para uma determinada aplicação, e por isso, são comumente chamados de multifuncionais. Um exemplo de um compósito é a introdução de partículas condutoras em uma matriz polimérica, afim de produzir um material condutor com as propriedades mecânicas de um polímero, que podem ser usados em diversas aplicações, como: protetores de radiação eletromagnética em componentes eletrônicos, dissipadores eletrostáticos, sensores de gás e adesivos condutores. Quando a partícula condutora é um material nanoestruturado, o compósito recebe o nome de nanocompósito. O presente trabalho possui o objetivo de desenvolver compósitos e nanocompósitos poliméricos condutores para duas aplicações distintas: compósitos que combinem transparência óptica e condutividade para aplicações óptica-eletrônicas e compósitos flexíveis com propriedades piezo-resistivas para utilização como sensores de tensão mecânica. Elen Poliani Arlindo Fuzari 01/05/2017 01/09/2022
90 2017 Uso de rede de sensores sem fio como suporte no processo de pulverização agrícola Um dos principais desafios na produção agrícola atual é a aplicação eficiente de defensivos agrícolas, sem causar contaminação ambiental e com redução de custos. Um dos efeitos a ser evitado durante a pulverização é a deriva. Para minimizá-la é fundamental o conhecimento preciso das condições ambientais no momento da aplicação, como o vento, temperatura e umidade. Isso vai de encontro aos conceitos de agricultura de precisão, que consiste da prática agrícola na qual se utiliza de tecnologia de informação baseada no princípio da variabilidade do solo e clima. Na busca por um sistema que dê suporte ao agricultor no controle da deriva, este projeto propõe o uso de redes de sensores sem fio em conjunto com um sistema embarcado no veículo pulverizador, em especial considerando as aplicações feitas por aeronaves. Adicionalmente, os dados coletados pela rede de sensores pode proporcionar um conjunto de informações que permita o desenvolvimento de um sistema computacional, que implemente técnicas de aprendizado de máquina, que seja capaz de detectar (com um certo grau de confiança) contextos favoráveis para a ocorrência de diversas doenças/pragas na lavoura, servindo de suporte ao agricultor. Ivairton Monteiro Santos 15/08/2017 14/08/2020
201 2017 Desenvolvimento e caracterizações de filmes plásticos a base de amido de gengibre (Zingiber officinale) Plásticos biodegradáveis e compostáveis, especialmente os oriundos de fontes naturais renováveis, tem sido foco de interesse para o desenvolvimento de novas tecnologias que visam, entre outros aspectos, a preservação ambiental e a busca de potenciais alternativas de substituição de plásticos convencionais oriundos de fontes petrolíferas. Dentre os polímeros naturais, o amido, após a sua conversão em um material termoplástico, tem sido considerado um polímero com alto potencial para estes fins, principalmente no setor de embalagens. Seu perfil atrativo envolve características tais como: baixo custo, alta disponibilidade, renovabilidade e biodegradabilidade. Neste contexto, propõe-se o desenvolvimento de um plástico a partir de biomassa vegetal empregando-se o gengibre (Zingiber officinale) como fonte de amido. Pouco se tem estudado o uso do gengibre para este fim sendo suas aplicações mais direcionadas para fins culinários e médico-farmacêuticos. O gengibre (Zingiber officinale Roscoe) é um rizoma tipicamente conhecido por suas aplicações culinárias como condimento e propriedades medicinais tais como analgésica, antimicrobianas, imuno estimulantes, anti ansiolíticas, problemas digestivos entre outras Barceloux, 2008) . Em outra linha de pesquisa envolvendo gengibre, rejeitos do seu processamento tem sido combinados com ZnCl2 e H2SO4 para atuar como biosorvente para o tratamento da água usada em indústrias têxteis que utiliza o corantes malaquita em seus processos e para tratamento de solução aquosa contento co corante violeta de metila Em termos de composição, o gengibre apresenta componentes voláteis (terpenos), não voláteis (compostos fenólicos e alcaloides) além das oleoresinas extraíveis, gorduras secas, carboidratos, vitaminas e minerais . O amido de gengibre foi caracterizado por Reyes et al (Reyes et al, 1982).Estes autores obtiveram um rendimento de 12,3% de amido de gengibre obtido do rizoma cru. As principais características encontradas para esse tipo de amido foram: 22,2% de amilose; densidade de 1,517 g/cm3, considerada alta indicando um alto nível de compactação dos grânulos refletindo em baixo poder de inchamento e solubilidade em água e reduzida solubilidade em dimetilsulfóxido e alta viscosidade. Tais características dificultam também a ruptura granular por agentes alcalinos ou calor. Estes grânulos apresentaram dimensões de 24,4 ± 8,7 µm de comprimento e 21,1 ± 7,0 µm de largura e forma circular. O padrão de difração de raio x foi “tipo A “ característico de amidos oriundos de cereais. A temperatura de gelatinização do amido de gengibre encontrada foi no intervalo de 76°C a 85°C, valor também alto se comparado a outras fontes de amido. O desenvolvimento de filmes a partir de amido de gengibre vislumbram aplicações no setor de embalagens alimentícias e mesmo constitui uma etapa prévia para estudo de possíveis propriedades fármaco-terapêuticas com filmes dessa natureza para processos de cicatrizações com ações antimicrobianas. Ricardo Stefani 01/08/2017 31/07/2019
352 2017 Classificação e Generalização dos Semigrupos Esparsos Neste projeto, estudaremos propriedades dos semigrupos numéricos que verificam a propriedade que duas lacunas consecutivas são espaçadas por dois e, uma generalização desta classe para qualquer espaçamento. Esta classe de semigrupos são chamados de esparsos. Juan Elmer Villanueva Zevallos 19/06/2017 19/06/2023


Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0736

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30