Pesquisador da USP ministra módulo de curso na UFMT sobre atenção a usuários de crack
 UFMT - Pesquisador da USP ministra módulo de curso na UFMT sobre atenção a usuários de crack

Pesquisador da USP ministra módulo de curso na UFMT sobre atenção a usuários de crack

Publicado em Notícias | 10/10/2013

O professor Erikson Felipe Furtado, professor de Psiquiatria da Infância e Adolescência, da Divisão de Psiquiatria do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP), Campus de Ribeirão Preto, está ministrando um módulo do curso de capacitação oferecido pelo Centro de Referência Regional para Formação Permanente dos profissionais que atuam nas redes de atenção integral a saúde e de assistência social com usuários de crack e outras drogas e familiares, do Núcleo de Desenvolvimento em Saúde (NDS). O Núcleo é vinculado ao Instituto de Saúde Coletiva (ISC) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Este módulo do curso começou ontem (09) e prossegue até sexta-feira, nos períodos matutino e vespertino, no Bloco Didático próximo ao Casarão, Campus de Cuiabá.
O CRR/ISC foi criado a partir do Edital nº 002/2010/GSIPR/Senad, que contemplou a UFMT com um Centro Regional de Referência e faz do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas do Governo Federal, a fim de propiciar melhoria da qualidade da assistência prestada a esse público. Sua criação abriu espaço para a realização de cursos de capacitação, de seminários acadêmicos sobre crack e outras drogas e para o surgimento de projeto de pesquisa sobre o perfil epidemiológico da população em situação de Rua de Cuiabá, em andamento. Os primeiros cursos tiveram como produto final a proposta elaborada pelos profissionais participantes, da consolidação de uma Rede de Assistência aos Usuários de Crack, outras Drogas e seus Familiares. Em 2013, além das áreas de saúde e assistência social, os cursos contemplam profissionais que atuam no campo do judiciário.

O pesquisador

Erikson Felipe Furtado é médico com especialização em Psiquiatria e Psicoterapia da Infância e Adolescência pelo Instituto de Psiquiatria da UFRJ e doutor pela Universidade de Heidelberg, Alemanha, com bolsa do CNPq. Foi pesquisador pós-doutor do Instituto de Psiquiatria da UFRJ de 1993 a 1994, com bolsa RD do CNPq. Fez pós-doutoramento na área de Álcool e Drogas no Central Institute of Mental Health-Mannheim, Alemanha, de 2000 a 2001, com bolsa Fapesp. É coordenador da Área de Saúde Mental e Psiquiatria da Infância e Adolescência, pesquisador principal e coordenador do Núcleo de Pesquisa em Psiquiatria Clínica e Psicopatologia (NPCP), Programa de Ações Integradas para Prevenção e Atenção ao Uso de Álcool e Drogas na Comunidade (Paipad), da FMRP-USP. Com recursos da Organização Mundial de Saúde (OMS) desenvolveu o projeto PAI-PAD/OMS para implementação e disseminação das Intervenções Breves para álcool e drogas e com recursos da Fapesp e CNPq desenvolveu estudos para o desenvolvimento de protocolo de intervenções breves para aplicação em gestantes. Tem linhas de pesquisa sobre os temas: exposição intra-uterina a álcool e drogas e psicopatologia do desenvolvimento, através de projetos longitudinais, envolvendo saúde mental da gestante e puérpera, e dos filhos de farmacodependentes. É professor e orientador de pós-graduação nos programas de Saúde Mental da FMRP-USP.

Imprimir Enviar Notícia

Rodapé Animado UFMT