Reitora realiza reunião pública no Câmpus de Rondonópolis
 UFMT - Reitora realiza reunião pública no Câmpus de Rondonópolis

Reitora realiza reunião pública no Câmpus de Rondonópolis

Publicado em Notícias | 09/07/2019

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professora Myrian Serra, participou na manhã desta terça-feira (09), no Câmpus de Rondonópolis, da primeira de uma série de reuniões públicas a serem realizadas nos Câmpus do Interior e Cuiabá. A programação tem sequência no período tarde, com o encontro entre os gestores da unidade e, à noite, com nova reunião pública.
Segundo a reitora, a avaliação da atividade realizada no período da manhã foi positiva. “Tivemos a oportunidade de observar chances de melhorias no processo tanto do Restaurante Universitário (RU) como na gestão da UFMT e do Câmpus de Rondonópolis”, destacou. “Espero que à noite tenhamos também uma possibilidade de ter mais discussão a respeito do Câmpus. Senti uma cobrança bastante grande da comunidade de retornar mais vezes aos Câmpus e isso é muito bom, pois precisamos voltar porque, mesmo em momentos críticos, todos querem participar da gestão”, completou.
A Pró-reitora do Câmpus de Rondonópolis, em exercício, professora Antônia Marília Medeiros Nardes, enfatizou a importância da realização da reunião pública. “Ela é de grande relevância, principalmente ouvindo a comunidade acadêmica, discentes, professores e técnicos administrativos. Todos têm muitas demandas e isso será muito significativo para o diálogo que acontecerá à tarde, com os fiscais e gerentes para que sejam vistas as reais necessidades do nosso Câmpus”, disse.
Por sua vez, a Pró-reitora de Assistência Estudantil, professora Erivã Garcia Velasco, pontuou que as reuniões públicas são importantes pois são ferramentas para ouvir a comunidade acadêmica. “Muitas vezes a gente tem uma pauta e aparecem outras questões tão importantes quanto aquelas definidas”, afirmou.
Política de Alimentação
Um dos eixos da realização da reunião pública foi discutir a nova política de alimentação dos Restaurantes Universitários da UFMT. “É importante, já em um processo de implantação da nova política ouvir como está sendo observada a gestão e aquilo que pode e deve ser melhorado nessa política”, disse a Pró-Reitora de Assistência Estudantil.
O Pró-reitor Administrativo, Bruno César Souza Moraes, observou que os maiores questionamentos sobre o RU estão dirigidos à qualidade. “Aqui no Câmpus de Rondonópolis tivemos muitas questões sobre a decaída da qualidade da refeição fornecida pela empresa. Isso é um ponto que vamos trabalhar já no período da tarde com os fiscais para fazer um check list que tente minimizar esse impacto negativo. Também queremos ter as nutricionistas mais próximas e mais constantemente nos Câmpus do interior”, afirmou.
“Tenho chamado a atenção da importância da comissão de acompanhamento e avaliação do Restaurante Universitário. Acho que isso vai ser uma ferramenta importante e já temos alguns Câmpus realizando essa experiência, com o acompanhamento sendo realizado por uma comissão de estudante. Ter isso do ponto de vista institucionalizado, com regramento, vai ser bastante importante para aprimorarmos a política de alimentação”, finalizou a professora Erivã Velasco.
Programação
Ainda nesta semana, a Administração Superior da UFMT estará presente no Câmpus do Araguaia, realizando uma reunião pela manhã e outra à noite, tendo reservado para o período da tarde uma reunião com os gestores das unidades.
Na semana que vem, as reuniões públicas acontecerão no Câmpus de Sinop, na terça-feira (16) e no Câmpus de Cuiabá, na quinta-feira (18).
 

Imprimir Enviar Notícia

Rodapé Animado UFMT