PORGerência de Imprensa
ascom@ufmt.br

DATA26 de Novembro de 2021

COMPARTILHE

Comunidade

Projeto realiza oficina "Como noticiar feminicídios”

Ação compõe 21 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher

A partir de dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que apontam  1.350 mulheres assassinadas por serem mulheres em 2020 no Brasil, o Pauta Gênero - Observatório de Comunicação e Desigualdades de Gênero, projeto de extensão da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), oferta a oficina “Como noticiar feminicídios”. A oficina parte da tipificação penal do crime pela Lei do Feminicídio (13.104/2015) considerando números que revelam como as violências atingem de forma mais evidente mulheres, 

A atividade será ministrada pela professora Nealla Machado, integrante do Pauta, jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), doutoranda e mestra Estudos de Cultura Contemporânea da UFMT. O evento é gratuito, conta com certificação e será em modalidade virtual no dia oito de dezembro, às 20h (horário de Brasília), para um total de 60 pessoas. 

As inscrições estão abertas a partir desta sexta-feira (26) e seguem até o esgotamento das vagas com foco em profissionais da comunicação, em especial jornalistas, e a comunidade acadêmica. Para se inscrever, é preciso preencher o formulário (disponível aqui) e aguardar a confirmação pelo e-mail informado. A oficina integra uma série de ações do Pauta Gênero que marca os 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

Necessidade de superar a desumanização na cobertura midiática

A professora Nealla Machado argumenta que a violência contra mulheres está instituída em nossa sociedade e a mídia integra esse processo. “Geralmente, a abordagem jornalística em casos de feminicídio foca nos autores dos assassinatos, ou seja, em homens e no que eles fizeram. Há uma desumanização dessas mulheres. As vítimas não têm nome e nem família”, explicita a jornalista e acadêmica.

Nealla Machado afirma que o objetivo da oficina é mudar esse foco. A proposta é trazer a reflexão para jornalistas e comunidade acadêmica de como noticiar de forma respeitosa e que humanize as vítimas e suas famílias. Além disso, “problematizaremos esses processos de violência contra mulheres e como eles funcionam”, detalha.

Os 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres são uma campanha que mobiliza poder público e sociedade civil em mais de 150 países, em busca da conscientização da população a respeito dos vários tipos de violências a que mulheres e meninas são submetidas. No Brasil, desde 2003, a data incorpora a campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher” e o “Dia da Consciência Negra”, celebrado em 20 de novembro.

O Pauta Gênero promoverá ações de 25 de novembro a 15 de dezembro. Além da oficina, o Observatório de Comunicação e Desigualdades de Gênero trará uma série de análises sobre a relação entre violências contra mulheres e a mídia, bem como indicações de produtos culturais que abordam a temática. O Pauta Gênero propõe observar criticamente os meios e processos comunicativos sobre as desigualdades de gênero na sociedade. Ele reúne estudantes de graduação, pós-graduação, docentes do Departamento de Comunicação Social, bem como acadêmicas e jornalistas.

Oficina virtual “Como noticiar feminicídios”

Para se inscrever clique aqui.

Público preferencial: profissionais da comunicação, em especial jornalistas, e, comunidade acadêmica.

Data e horário de realização da oficina: oito de dezembro (quarta-feira), às 20h (horário de Brasília).

Local de realização: Google Meet (link será enviado após confirmação da inscrição).

Duração da oficina: 2h.

Número de vagas: 60 (por ordem de inscrição).

Período de inscrição: 26 de novembro (sexta-feira) até acabarem as vagas.

Certificação gratuita.

TAGS:

Fique sempre informado com as principais notícias da UFMT.

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0736

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30