PORCarlos Rocha
Jornalista

DATA23 de Junho de 2022

COMPARTILHE

Comunidade

ÁudioZap Povos da Terra lança nova temporada sobre eleições

Produção acontece em parceria com Artigo 19 e PerifaConnection

O projeto ÁudioZap Povos da Terra, desenvolvido por estudantes dos cursos de Jornalismo e de Radialismo da Faculdade de Comunicação e Artes (FCA) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), lançou nova temporada em plataformas de streaming e também no Instagram do projeto. A construção do material é resultado de parceria com a Organização Não-Governamental Artigo 19 e a plataforma PerifaConnection para a promoção da democracia e também ampliação da acessibilidade tanto para pessoas surdas, quanto cegas.

O integrante do projeto e radialista, Jenisson Bartniski, explica que a temporada está integrada a campanhas para combater a desinformação e defender a democracia. “O ÁudioZap Povos da Terra foi convidado pela ARTIGO 19, uma organização não-governamental de direitos humanos a integrar a campanha #CompartilheInformação #CompartilheDemocracia, que realiza em parceria com a PerifaConnection, uma plataforma de disputa de narrativa das periferias”, explicou Jenisson Bartniski. O ÁudioZap nasceu em como projeto de extensão, pela necessidade de orientar os povos indígenas sobre a prevenção contra a Covid-19

“Somos o único projeto da região Centro-Oeste a integrar a campanha que conta com diversos coletivos do Brasil, como o Favela em Pauta (Rio de Janeiro), Rádio e TV Quilombo (Maranhão) e Coletiva Banzeira Feminista (Amazonas). Neste ano atuaremos coletivamente visando contribuir para a contenção do avanço do autoritarismo no Brasil e do risco de ruptura democrática no contexto das eleições gerais de 2022”, contou o radialista sobre o projeto que já foi premiado no 1º Prêmio UnBcast de Podcasts Universitários, promovido pela Universidade de Brasília (UnB). 

O ÁudioZap também ficou com o segundo lugar em Práticas Humanísticas no 10º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos, da Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (AMAERJ). “Vale destacar que a ideia da criação do projeto ÁudioZap Povos da Terra surgiu da inquietação da Dra. Isabel Taukane, do povo Kurâ-Bakairi em 2020 (ela é a primeira indígena doutora pela UFMT, e que desde a segunda temporada contamos com a colaboração dos estudantes indígenas Emília Top'Tiro e Michael Esquer, que assumiram o papel da interação com os parentes”, relatou Jenisson Bartniski.

Participam também do projeto os estudantes Camila Rondon, Felipe Seraine, Luísa Gratão, e a radialista Vivian Amorim. “Nessa terceira edição do projeto continuamos com a divulgação nas plataformas digitais de áudio, que foi uma novidade em nossa segunda temporada, mantendo nossa divulgação pelo WhatsApp para chegar aos povos indígenas que costumam consumir as nossas produções”, explicou o radialista.

Temporada está voltada para eleições e pessoas com deficiência

As eleições 2022 estão presentes na produção desta temporada do ÁudioZap Povos da Terra com abertura para tratar de diferentes assuntos. “A ideia da campanha é a realização de três produções conjuntas com temas guarda-chuva, a primeira produção foi “Eleições+Pessoas com deficiência”, então buscamos a inclusão de pessoas Cegas, mantendo a produção do nosso podcast e a inclusão de pessoas Surdas, fazendo a interpretação em Libras do conteúdo, contando com a colaboração da intérprete Rute Santana”, disse Jenisson Bartniski.

Além da primeira parte, voltada para pessoas com deficiência, o ÁudioZap produz material para tratar de eleições e juventude e está incluído em outras ações para o combate a desinformação. “A segunda produção será sobre “Eleições+Juventude” e a terceira produção será uma ação unificada entre os integrantes da campanha. Para além das ações previstas, o ÁudioZap Povos da Terra se inscreveu no Jogo Limpo, um programa para combater a desinformação eleitoral no Brasil em 2022, criado pelo International Center for Journalists (ICFJ) e financiado pelo YouTube Brasil”, ressaltou.


Leia mais:

Estudantes de Comunicação da UFMT ganham prêmios nacionais

TAGS:

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0736

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30