Apresentação do Curso




Perfil do Egresso, Habilidades e Competências


O curso de graduação em Engenharia Florestal visa a formação humanista, crítica e reflexiva, capacitando-o a identificar e resolver problemas, nos aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, bem como assimilar e desenvolver novas tecnologias em atendimento às demandas da sociedade. O profissional estará apto a compreender e traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e solucionar os problemas tecnológicos, socioeconômicos, gerenciais e organizativos, bem como utilizar racionalmente os recursos disponíveis, visando o equilíbrio do ambiente com capacidade de adaptação, de modo flexível, crítico e criativo, às novas situações. Segundo o Parecer 308/2004 e o Art. 6º da Resolução nº 3, de 2 de Fevereiro de 2006 (CNE/CES), o currículo do Curso de Engenharia Florestal revela competências e habilidades, como:

*realizar assistência, assessoria e consultoria;

*dirigir empresas, executar e fiscalizar serviços técnicos correlatos;

*realizar vistoria, perícia, avaliação, laudo e parecer técnicos;

*promover a padronização, mensuração e controle de qualidade;

*atuar em atividades de ensino, pesquisa e divulgação técnica e extensão;

*aplicar conhecimentos científicos e tecnológicos e instrumentais às atividades florestais;

*projetar e analisar sistemas, produtos e processos;

*identificar, formular e solucionar problemas e propor soluções de Engenharia Florestal;

*desenvolver e utilizar novas tecnologias;

*atuar em equipes multidisciplinares;

*avaliar o impacto das atividades profissionais no contexto social, ambiental e econômico;

*compreender e atuar na organização e gerenciamento empresarial e comunitário;

 
Mercado de trabalho

     O mercado de trabalho é diversificado, envolvendo empresas de consultoria, centros de ensino e pesquisa ou órgãos executores a nível municipal, estadual e federal, empresas de serviços públicos ou privados, organizações não governamentais. A atuação consiste em intervir nos ecossistemas florestais, garantindo o equilíbrio e a preservação dos recursos, envolvendo basicamente as categorias de:
1. Silvicultura: envolve a implantação, manutenção e utilização das florestas plantadas ou nativas. Estuda a produção de sementes e mudas, práticas silviculturais, agrossilviculturais, o estudo e controle de incêndios florestais, conhecimento de pragas e doenças das florestas. 
2. Manejo Florestal: manutenção e condução no aspecto técnico e econômico de florestas nativas e plantadas, utilizando o geoprocessamento, medições e avaliações florestais, inventário, economia, política e legislação florestal.
3. Tecnologia Madeireira: área vinculada na transformação da árvore em matéria-prima para produção de produtos. Engloba o estudo da anatomia, composição química, serraria, secagem e preservação de madeiras, painéis, carvão vegetal, resinas, papel e celulose.
4. Gestão ambiental: conhecimento dos ecossistemas florestais, buscando o desenvolvimento sustentado da biodiversidade. Engloba-se a flora, fauna, solos, bacias hidrográficas, recuperação de áreas degradadas, planejamento e gestão de parques e unidades de conservação, arborização e paisagismo, educação ambiental.

 

ENGENHARIA FLORESTAL UFMT - SINOP


       O Curso de Engenharia Florestal foi criado no Brasil pelo Decreto nº 48.247 de 30 de maio de 1960. A profissão de Engenheiro Florestal foi regulamentada pela Lei nº 5.194 de 24 de dezembro de 1966. Na UFMT, Campus Universitário de Sinop, o Curso foi criado em 2006, como integrante ao Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais.

Objetivo geral do curso:  forrmar profissionais de nível superior, ao nível de bacharel, com sólidos conhecimentos teóricos e práticos para a produção e conservação de recursos de origem florestal, permitindo assim o entendimento e operacionalização das funções sociais, tecnológicas, econômicas e ambientais das florestas.

Vagas: 100 vagas anuais (50 semestrais). 

Período: integral (matutino e vespertino).

Modalidade/Regime: crédito/semestral.

Duração: 9 semestres.

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0736

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30