Sessões

 

Sessões

  

O Cineclube Coxiponés da Universidade Federal de Mato Grosso retorna sua programação semanal de sessões. Durante esse ano serão duas sessões regulares: A Sessão Coxiponés, às quintas feiras, 19h, no auditório do Centro Cultural UFMT; e a Sessão Cine Cochilão, às quarta-feiras, 13h30, no Cineclube Coxiponés.

Neste primeiro mês, os filmes selecionados integram a coleção “Cinema Brasileiro Contemporâneo” da Agência Nacional de Cinema (ANCINE). A coleção de 74 longa-metragens nacionais foi doada no final do ano de 2016 pela Ancine e passou a integrar o acervo do Cineclube.  Para a exibição do mês de março foram selecionados 8 longas distribuídos nas duas sessões acima mencionadas sob a curadoria das alunas de Comunicação Social Daiane Marafon e Isabelle Almeida. As sessões do Cineclube são gratuitas.

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________ 

 

 
 
 
PROGRAMAÇÃO  CINECLUBE COXIPONÉS
 
 
 
CICLO CINEMA BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO:

 

CINE COCHILÃO (Quartas-feiras, 13h30, Cineclube Coxiponés):

08/03 – A Alegria / Drama – 100 min. – Classificação: Livre - 2011:
Sinopse: Adaptado do livro de mesmo nome da escritora Martha Medeiros, “Divã” é uma comédia sobre um tema sério: o processo de autoconhecimento de uma mulher de meia-idade. Casada, mãe de dois filhos e supostamente feliz, Mercedes decide começar a fazer análise e descobre que, por baixo da superfície aparentemente perfeita de sua vida, se escondem muitas insatisfações e angústias. A ótima interpretação de Lilia Cabral e o tom leve da narrativa explicam o sucesso desse filme, que levou 1,5 milhão de espectadores ao cinema.

15/03 – Vip’s/ Drama – 95 min. – Classificação: 14 anos - 2011:
Sinopse: Um retrato ficcional de um personagem real: o impostor paranaense que, entre outros golpes, se fez passar por Henrique Constantino, filho do dono da companhia aérea Gol. Baseado no livro “VIPs – Histórias Reais de um Mentiroso”, de Marina Caltabiano, o longa-metragem de estreia de Toniko Melo combina de forma inventiva o relato das peripércias do protagonista com a exposição de seus conflitos psicológicos, relacionados à ausência da figura paterna e à dificuldade de encontrar sua própria identidade.

22/03 – Como Esquecer/ Drama – 99 min. – Classificação: 14 anos - 2010:
Sinopse: Júlia (Ana Paula Arosio) é uma professora de literatura inglesa, 35 anos, que luta para reconstruir sua vida depois de uma intensa e duradoura relação amorosa. Em meio a uma série de conflitos internos e diante da necessária readaptação para uma nova vida, não disfarça sua dor enquanto narra suas emoções. Ao longo do filme, ela vai encontrando e se relacionando com outras pessoas que também estão vivendo, cada uma a seu modo, a experiência de ter perdido algo muito importante em suas vidas. Uma trama instigante que fala de pessoas comuns enfrentando os desafios de superar as dores do passado e a busca por uma nova chance de encontrar a felicidade.

29/03 – Á Deriva/ Drama – 100 min. – Classificação: 14 anos - 2009: 
Sinopse: No início dos anos 80, a adolescente Filipa passa as férias com seus pais e seus irmãos em Búzios. Ao mesmo tempo em que descobre a infidelidade do pai, ela vive o despertar da sexualidade, passando pelos desafios e paixões típicos da adolescência. Conduzindo a narrativa pelo olhar delicado de Filipa, o diretor Heitor Dhalia desenvolve uma trama sutil sobre as relações afetivas e familiares, amparada em belas locações e na competente fotografia.

 

SESSÃO COXIPONÉS (Todas as quintas-feiras, Auditório do Centro Cultural, 19h): 

09/03 - Viajo porque preciso, volto porque te amo / Ficção – 75 min. – Classificação: 14 anos - 2009:
Sinopse: Num ousado experimento narrativo, os cineastas Marcelo Gomes e KarimAïnouz montaram um road-movie ficcional a partir de sobras de material filmado no sertão nordestino para um documentário de curta-metragem, nos anos 90. Sem nunca aparecer em cena, José Renato, geólogo de 35 anos, viaja pela região para estudar a viabilidade da construção de um canal na região. O filme é todo narrado em off, na primeira pessoa, passando ao espectador os sentimentos de tristeza e saudade que dominam o protagonista.

16/03 – Salve Geral/ Drama – 120 min. – Classificação: 16 anos - 2009:
Sinopse: Inspirado nos ataques realizados pelo PCC em São Paulo em 2006, “Salve Geral”narra o drama de Lúcia, uma professora de classe média que passa por dificuldades financeiras e tenta tirar o filho adolescente da cadeia, quando uma ação liderada pela facção criminosa deixa São Paulo em estado de sítio, com ataques a delegacias e ônibus incendiados. Com uma narrativa tensa, o filme aborda a participação de mulheres no crime organizados e o império da força numa metrópole caótica.

23/03 – O Céu Sobre os Ombros / Drama – 71 min. – Classificação: 16 anos - 2010:
Sinopse: Em “O Céu Sobre os Ombros”, o cineasta Sérgio Borges explora os limites da ficção, por meio do registro semidocumental do cotidiano de três pessoas comuns – a transexual EverlynBarbin, o atendente de telemarketing MurariKrishna e o escritor Edjucu “Lwei” Moio. É um filme sobre a solidão, o preconceito e a intolerância em uma grande cidade, mas também sobre a busca da felicidade em condições precárias de existência. Os atores representam personagens de si mesmos, articulando uma narrativa ficcional a partir de histórias vividas.

30/03 – Do Começo ao Fim / Drama – 90 min – Classificação: 18 anos - 2009:
Sinopse: Em uma narrativa ousada, o diretor Aluizio Abranches conta a história de amor incondicional entre os irmãos Francisco e Thomas. A relação entre os dois é apresentada sem julgamentos morais, violência e medo. O filme causou controvérsias pela naturalidade com que trata de temas delicados, como a homossexualidade e o incesto, sem levantar bandeiras e evitando os clichês relativos a conflitos sociais e familiares.

Acesse nosso site

 

voltar ao topo