Trabalho de conclusão de curso aborda discurso sobre o estupro no noticiário



O estupro e a cultura a ele relacionada são temas de pesquisa de Conclusão de Curso de Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo, defendida na manhã desta quarta-feira (06), na Faculdade de Comunicação e Artes da Universidade Federal de Mato Grosso (FCA/UFMT). Intitulado “O discurso sobre o estupro e a cultura do estupro nas reportagens e notícias do site ‘Olhar Direto’”, o trabalho da graduanda Laura Resende analisou textos jornalísticos publicados em 2016.
O trabalho abrange a correlação entre uso dos termos quando são noticiados casos de estupro e o fazer jornalístico, além de estimular o debate sobre o tema e sua abordagem nas redações dos veículos. Na metodologia, foram aplicadas as análises documental, textual, discursivas e realizadas entrevistas com os jornalistas autores dos textos selecionados. Foram constatadas questões sobre emprego de verbos, significados e conotações de palavras, além do sensacionalismo e espetacularização desse tipo de violência.
Conforme a estudante, o trabalho tem como premissa principal a responsabilidade social do jornalismo e dos veículos de comunicação, por meio do discurso repercutido e informações divulgadas. “A escolha do tema é atribuída à inquietação pessoal, como mulher e como jornalista, com o tratamento do tema, que poderia ser melhor abordado nesses textos, e também buscar sensibilizar os jornalistas como agentes de percepção e transformação da realidade, por meio da mudança de discurso e estimular o debate nas redações. É uma cultura e mentalidade que precisam ser questionadas”, observou.
Por sua vez, a orientadora, professora Mariângela Sólla López, reforçou o pioneirismo da pesquisa em trabalhos de graduação. “Temas controversos geralmente são encontrados em dissertações ou teses. O trabalho tem o potencial de contribuir com reflexões sobre a questão e sobre a prática jornalística, que, na busca pela informação e agilidade, não confere espaço no cotidiano para pensar sobre esses aspectos”, atestou a docente.
Além da orientadora, a banca examinadora foi composta pelos professores José Costa Marques e Thiago Cury Luiz.
 

Perguntas frequentes

1 . Como pedir histórico escolar?

Preencher formulário de requerimento na secretaria da CAE, prazo para entrega de 3 dias úteis.

2 . Como pedir Atestado de Matrícula?

Preencher formulário de requerimento na secretaria da CAE, prazo para entrega de 3 dias úteis.

3 . Como pedir programa de disciplina?

Alguns cursos disponibilizaram o programa da disciplina no site da UFMT. Os programas que não estiverem disponíveis poderão ser solicitados por meio de processo à coordenação do curso.

4 . Como pedir diploma?

Preencher o requerimento na Seção de Recebimento de Expediente (Protocolo Central) para solicitação de diploma; Nada Consta: Dirigir-se à Biblioteca para verificar se existe débito de livros e na Seção de Arquivo/CAE, para verificar se existe débito de documentos; Retornar com o requerimento na Seção de Recebimento de Expedientes (Protocolo Central) que será protocolado e encaminhado para a Secretaria/CAE, após a tramitação interna segue à Gerência de Documentação e Intercâmbio/GDI para confecção e registro do mesmo.

5 . Como obter planilha de disciplinas?

Retirar, na internet, com seu login e senha, pelo sistema área do aluno.

6 . Como solicitar aproveitamento de disciplina?

Montar processo no protocolo geral e encaminhar à coordenação do curso.

7 . Como fazer a Carteirinha do Estudante?

Para saber os procedimentos, acesse: www.une.org.br