Reitora e prefeito visitam área do novo campus da UFMT em Várzea Grande

A reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lúcia Cavalli Neder, a pró-reitora de Planejamento, Elizabeth Furtado de Mendonça, e o diretor da Faculdade de Engenharia Florestal (FEF), Versides Sebastião da Silva, estiveram em reunião com o prefeito de Várzea Grande, Sebastião Zaeli, na manhã desta sexta-feira (09). O objetivo foi tratar dos encaminhamentos para o recebimento da área onde será construído o novo campus da UFMT. Depois da reunião seguiram para uma visita à área destinada à implantação da unidade anunciada pela presidenta Dilma Rousseff no dia 16 de agosto.
A professora Maria Lúcia externou sua satisfação em dar a notícia ao povo várzea-grandense. “Morei por 22 anos nesta cidade, sou muito grata a ela e, na minha gestão como reitora da UFMT, conseguir que a Presidenta Dilma assinasse a criação de um novo campus aqui em Várzea Grande no plano de expansão do ensino superior foi muito gratificante; essa realização que não é minha e sim da sociedade”, declarou. Ela ressaltou que “o importante é que conseguimos a expansão da UFMT, para Várzea Grande, a segunda maior cidade do estado”. Assinalou que o município é um significativo polo industrial e que se pretende que este novo campus seja voltado para a área das engenharias e suas novas tecnologias.
Ainda no Gabinete, a reitora explicou que, dentro do cronograma, é necessário definir o local onde será construído o novo campus e também saber da contrapartida da Prefeitura Municipal e do Governo do Estado no que diz respeito ao acesso e terraplenagem, para dar inicio às demais fases do projeto. Segundo ela, se tudo andar de acordo com o cronograma, até 2012 finalizam-se as licitações, em 2013 têm início as obras e, “em 2014, podemos dizer que teremos as primeiras turmas no campus da UFMT em Várzea Grande”.
Após a reunião, uma comitiva foi conhecer o local onde será construído o novo campus. A área, aproximadamente 100 hectares, fica na localidade conhecida como Chapéu do Sol, próximo aos bairros Jardim dos Ipês e Residencial Chapéu do Sol. A reitora mostrou-se satisfeita e reafirmou que “a definição do projeto de acesso é fundamental neste momento”.
O prefeito de Várzea Grande, Sebastião Zaeli, disse que a criação do campus da UFMT no município vem consolidar um projeto antigo, que é ter, na cidade, todos os tipos de instituição de ensino superior. “Já temos as universidades particulares; agora, que sejam bem-vindas as universidades públicas”, declarou, referindo-se à chegada, também, do campus do Instituto Federal de Ciências e Tecnologia (IFMT). “Em breve consolidaremos o projeto com o campus da Universidade Estadual, a Unemat”, completou o prefeito.