Nota Pública sobre reintegração de posse na UFMT
 UFMT - Nota Pública sobre reintegração de posse na UFMT

Nota Pública sobre reintegração de posse na UFMT

Publicado em Notícias | 12/05/2018

As Universidades Federais vivem um momento de grave dificuldade financeira decorrente de cortes e restrições orçamentárias que colocam em risco a manutenção adequada de suas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Tais restrições têm levado os segmentos das instituições a buscar, conjuntamente e por meio do diálogo, adequações administrativas e financeiras, entre as quais está a discussão da política de Alimentação Estudantil.
No dia 11 maio de 2018, a Justiça Federal expediu um novo mandado de reintegração de posse de instalações do Câmpus de Cuiabá da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com a responsabilização legal de uma discente da Instituição. Manifestando respeito a toda decisão judicial, a Administração da UFMT vem a público externar preocupação com a decisão, por entender que o melhor caminho, no atual contexto, é o diálogo e a ação conjunta dos diferentes segmentos que compõem a comunidade universitária e a sociedade.
Em um momento de mobilização, em que surgem posicionamentos políticos divergentes, é necessário intensificar a luta em defesa da educação pública de qualidade e acessível a todos. Nesse sentido, várias iniciativas vêm sendo adotadas, tanto no contexto administrativo interno da UFMT, quanto por meio de ações políticas desenvolvidas em conjunto por entidades representativas das universidades junto ao Governo Estadual, Federal e ao Congresso Nacional, buscando viabilizar recursos para suprir suas necessidades de custeio e investimentos, de forma a não comprometer o cumprimento do seu papel junto à sociedade.
A Administração da UFMT e a comunidade universitária continuarão empenhadas em superar as dificuldades e reiteram seu compromisso com a autonomia universitária.

 

Imprimir Enviar Notícia

Rodapé Animado UFMT