SINOP – VII Simamca recebe mais de 450 participantes
 UFMT - SINOP – VII Simamca recebe mais de 450 participantes

SINOP – VII Simamca recebe mais de 450 participantes

Publicado em Notícias | 14/09/2018

Entre os dias 30 de agosto e 02 de setembro, foi realizado o VII Simpósio da Amazônia Meridional em Ciências Ambientais (VII SIMAMCA). O evento, organizado pelo Núcleo de Estudos da Biodiversidade da Amazônia Mato-Grossense (NEBAM) e pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCAM), do Instituto de Ciências Naturais, Humanas e Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso (ICNHS/UFMT), do Câmpus de Sinop, reuniu mais de 450 participantes, incluindo congressistas, palestrantes e convidados no Centro de Eventos ”Dante Martins de Oliveira”. O vice-reitor da UFMT, Evandro Soares, participou da solenidade de abertura.
O pró-reitor do Câmpus de Sinop, professor Roberto Carlos Beber, destacou a importância do evento no estabelecimento de parcerias estratégicas no desenvolvimento de novas pesquisas considerando as discussões presentes no Simpósio. “Eventos como este oportunizam a divulgação do conhecimento produzido no Câmpus e parcerias para estimular e fortalecer as pesquisas desenvolvidas”, observou.
Nesta edição, a temática discutida foi “Amazônia de transição: Origem, desenvolvimento e perspectivas futuras”, incluindo fluxos de migração e atividades produtivas regionais, perspectivas de desenvolvimento e desafios socioeconômicos sob a ótica de cadeias produtivas, logística, recursos hídricos e impactos de hidrelétricas na região, mudanças climáticas e o futuro da Amazônia.
Além de várias palestras e mini-cursos, o evento contou com a apresentação de aproximadamente 300 trabalhos científicos submetidos à sessão de painéis na forma de resumos simples e expandidos, publicados em volume especial do periódico Scientific Electronic Archives. Destes, dez foram premiados como destaques do evento.
Entre os conferencistas, estiveram presentes os pesquisadores William Ernest Magnusson do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA, Manaus-AM), de Ben Hur Marimon Junior (UNEMAT- Nova Xavantina, MT), de Cristina Caldas do Instituto Serrapilheira (Rio de Janeiro-RJ), de Antônio Domingos Brescovit do Instituto Butantan (São Paulo-SP), bem como do Philip M. Fearnside (INPA, Manaus-AM), ganhador do prêmio Nobel da Paz em 2007.
Além disso, participaram representantes de mais de 50 instituições de ensino e pesquisa: incluindo três instituições internacionais, 15 instituições sediadas em Mato Grosso, e mais de 30 instituições de outros Estados brasileiros.
Segundo o professor Domingos de Jesus Rodrigues, o SIMAMCA é um fórum de discussão sobre as diversas linhas de pesquisa englobadas pelas Ciências Ambientais, e trata-se de um importante evento de divulgação técnico-científica no Norte do Estado de Mato Grosso, envolvendo a sociedade civil, estudantes (graduação e pós-graduação) e pesquisadores de todo o País, visando, principalmente o intercâmbio de ideias entre estudantes, profissionais e pesquisadores, produzindo uma oportunidade de criação de parcerias e inovação.
 

Imprimir Enviar Notícia

Rodapé Animado UFMT