ISC debate transgenereidade, vulnerabilidade e movimentos sociais
 UFMT - ISC debate transgenereidade, vulnerabilidade e movimentos sociais

ISC debate transgenereidade, vulnerabilidade e movimentos sociais

Publicado em Notícias | 06/12/2017

O Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Mato Grosso (ISC/UFMT) realiza na segunda-feira (11), a partir das 18h30, mais uma edição do Ciclo de Debates “Café, Prosa, Ciência e Militância”. O evento, que acontece no auditório do Instituto, conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat).
Nesta edição, a atividade aborda a temática “(R)existências: transgeneridade, vulnerabilidade e movimentos sociais”. O assunto será abordado pela professora Fran Demétrio. Mulher trans e ativista transfeminista, a docente da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) é graduada em Nutrição, mestre em Alimentos, Nutrição e Saúde e doutora em Saúde Coletiva, todos pela Universidade Federal de Bahia (UFBA).
A docente é Trans ativista do Coletivo de De Trans Pra Frente (Salvador-BA), líder e pesquisadora do (co)Laboratório Humano de Estudos, Pesquisa e Extensão Transdisciplinares em Integralidade do Cuidado em Saúde e Nutrição, Gêneros e Sexualidades (LABTrans), pesquisadora colaboradora do Laboratório Interdisciplinar de Pesquisa, Extensão e Estudos Sócio-culturais em Saúde e Segurança Alimentar e Nutricional (Lipessan), do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Saúde Coletiva (Gipesc), do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação e Cultura (Nepac), da UFBA, do Núcleo de Investigação em Saúde Materno Infantil (Nisami). Também é coordenadora do Núcleo de Gênero, Diversidade Sexual e Educação da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis da UFRB e do Programa de Educação pelo Trabalho (PET) Bacharelado Interdisciplinar em Saúde GraduaSUS/2016-2017.
 

Imprimir Enviar Notícia

Rodapé Animado UFMT