NOTA DE ESCLARECIMENTO DA REITORIA UFMT
 UFMT - NOTA DE ESCLARECIMENTO DA REITORIA UFMT

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA REITORIA UFMT

Publicado em Notícias | 07/03/2013

A reitoria da UFMT lamenta o ocorrido em relação à manifestação de seus estudantes na av. Fernando Correa, na tarde de ontem, dia 6 de março de 2013.
Repudia, com veemência, todos os atos de violência ali praticados, considerando o direito de manifestação em um país democrático.
Ao tomar conhecimento do ocorrido a reitora entrou em contato com o governador Silval Barbosa, para solicitar rigor nas apurações.
Em relação ao fato gerador do protesto estudantil, casa de estudante, a reitoria esclarece:
1- A UFMT terminou a construção de uma casa de estudante dentro do campus Cuiabá, com 64 novas vagas. Enquanto a casa estava sendo construída, a administração decidiu manter o aluguel das casas, para moradia de 44 estudantes.
2- Após o investimento de mais de R$ 3.000.000,00, em dezembro 2012, a UFMT iniciou a entrega da nova moradia aos estudantes dentro do campus da UFMT, com capacidade para 64 vagas.
3- Somadas as 36 vagas de outras duas casas existentes no bairro Jardim Itália, a UFMT conta atualmente com 110 vagas em Cuiabá. Assim, considerando a lisura com o uso do dinheiro público e as vagas disponíveis nas casas próprias da UFMT, não há mais justificativa neste momento para continuar com a manutenção dos atuais contratos de locação.
4- Compreendendo a necessidade de ampliação do apoio para moradia, a reitoria propôs ao Conselho Diretor a criação de um novo programa, que este ano prevê a concessão de auxílio no valor de R$ 360,00 mais um benefício para fim de semana, no valor de R$ 40,00, o que totaliza para moradia a soma de R$ 400,00.
5- O estudante de baixa renda da UFMT pode acumular esse valor de auxílio moradia de R$ 400,00 com a bolsa permanência, também no valor de R$ 400,00 e com o auxílio alimentação, no valor de R$ 100,00, podendo receber, portanto, R$ 900,00 de benefícios da assistência estudantil.
6- A atual gestão tem colocado a Assistência Estudantil como a sua principal prioridade, ampliando o investimento de R$ 4.400.000,00, em 2008, para R$ 22.000.000,00, em 2013, portanto quintuplicando seu valor. Essa ampliação tão significativa é possível com a somatória dos recursos do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) e investimentos da UFMT.
7- O número de estudantes assistidos na UFMT, nos últimos quatro anos, saltou de menos de 7% para 50% em todos os seus programas.
8- Apesar de todos esses avanços, administração se organiza para ampliar ainda mais o número de vagas em Cuiabá e nos campi do interior, com uma proposta para o MEC de construção de novas casas para 2014.

Imprimir Enviar Notícia

Rodapé Animado UFMT