Foto: Rildo Amorim

Endipe 2016 proporciona oportunidade de divulgação nacional para produtos mato-grossenses

O XVIII Encontro Nacional de Didática e Pratica de Ensino (ENDIPE), além de fazer seu papel de reunir pesquisadores de todos os estados brasileiros, para discutir sobre as particularidades, limitações e dificuldades na prática educacional, também está gerando emprego e renda aos 17 participantes da feira de livros, artesanato e gastronomia.

A coordenadora de Planejamento do ENDIPE 2016, Claudia Moreira,  explicou que convidou empreendedores de diversas áreas para prestar um serviço de qualidade aos participantes do evento, promovendo assim, comodidade  e maior integração entre eles. “Com essa iniciativa não há necessidade dos inscritos e visitantes saírem do local do evento para comparar um livro ou um artesanato da região”.

A coordenadora também destacou o apoio do evento junto às editoras. “Durante o evento as editoras têm a oportunidade de apresentar e vender seus livros e dos autores fazerem contato com as grandes editoras e seu público. Nesses dois dias do encontro, já realizamos o lançamento de 31 livros, entre autores mato-grossenses e de outros estados”, concluiu.

A empresária do Ramo de chocolates artesanais, Lauren Guimarães, declarou que essa é uma oportunidade excelente na divulgação do seu negócio. “Hoje, se você for expor estande em um evento, você precisa pagar diária ou fazer um contrato e paga o valor referente a todos os dias. Nesse caso não, entrei em contato com a organização do evento e consegui participar sem nenhum custo. Estou muito empolgada, porque além de vender estou divulgando meu produto para outros estados, já fiz contato com pessoas de Campo Grande (MS), São Paulo (SP), e Curitiba (PR)”, disse Lauren.

O diretor da Cortez Editora, Antônio Erivan Gomes, falou da oportunidade de interação com os profissionais da educação. “O ENDIPE, assim como todos os eventos da área da educação que participamos, é a oportunidade que temos para manter contato direto com os nossos autores e também com pesquisadores de várias universidades do país”, afirmou.

“O evento teve uma grande fluência de público, o que nos favoreceu uma boa venda de livros e também fizemos promoções que atraíram os professores, dando oportunidade de comprar aquele livro tão desejado, ou até mesmo o livro que emprestou para o aluno e não foi devolvido. Então, essas ocasiões acabam sendo únicas para que o pesquisador reforce sua biblioteca”, finalizou Gomes.

 

ENDIPE 2016 – Uma realização da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), Instituto de Educação – Grupo de Pesquisa Estudos de Filosofia e Formação (EFF) e Fundação Uniselva. Com apoio do Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado Educação (Seduc) e Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia (Secitec). O evento conta também com o apoio da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo.

 

Autor: Gabriela Carvalho

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Realização

Patrocínio